Tese, Antitese e Síntese

Compartilhar no Facebook

Enviar por email Imprimir este artigo
Maurício Góis
contato@mauriciogois.com.br
 

Qual é a diferença? E como reorganizar seus pensamentos para agir melhor?

Leia esta história:

Havia um determinado imperador que era católico.

Seu ministro era ariano.

Um dia, para agradar o imperador, o ministro disse bem alto numa grande festa imperial: - √ď Imperador, tenho uma √≥tima not√≠cia para lhe dar: eu agora tamb√©m sou cat√≥lico, igualzinho ao senhor. Todos, pasmos, olharam para a rea√ß√£o do imperador:

Ele não pensou duas vezes: mandou chamar o carrasco e disse: - Corta a cabeça deste infeliz, porque se ele não é fiel ao seu Deus, não será fiel a mim que sou Homem.

QUAL √Č A TESE? A Tese √©: Ningu√©m pode ser maior do aquilo que acredita.

Quem não é fiel aos seus valores de crença, não será fiel a homem nenhum.

OU: Quem não é fiel com aquilo que não vê, mas crê, não será fiel com aquilo que vê, mas não crê.

QUAL √Č A ANTITESE? A Ant√≠tese √©: Ora, se o ministro mudou de id√©ia em rela√ß√£o √† religi√£o, o imperador tamb√©m mudou de id√©ia em rela√ß√£o ao ministro. Ent√£o os dois mudaram de id√©ia... E pelo fato do ministro mudar de religi√£o, n√£o quer dizer que ele mudou de Deus ou de valores.

AGORA A S√ćNTESE:
Não é vergonhoso mudar de idéias, vergonhoso é não ter idéias para mudar.

A √ļnica coisa que n√£o muda na vida √© a mudan√ßa, j√° dizia Dem√≥crito.

A pessoa verdadeiramente desequilibrada é aquela que perdeu a sua capacidade de mudar. Mudar é preciso. Mudar é a lei da vida.


Maurício Góis
Consultor filiado ao IBCO ‚Äď Instituto Brasileiro de Consultores de Organiza√ß√£o desde 1983.
Ficou conhecido nacionalmente como autor da obra ‚ÄúChefia e Lideran√ßa‚ÄĚ da IOB-INFORMA√á√ēES OBJETIVAS, um best seller na √°rea por quase uma d√©cada.

Email: contato@mauriciogois.com.br
Site: www.mauriciogois.com.br


Comentários deste artigo:
casa carmen e fernando(@)
28/04/2013 - 16:06
tese, antítese e síntese - não gosto das coisas. gosto de gostar e de não gostar das coisas, logo existo. existo?


Mais textos deste colunista:
Minhas 15 "profecias" sobre globalização e outros bichos
Tomada de Decis√£o: 101 perguntas que resolvem qualquer problema
Os órfãos da auto-ajuda
Os h√°bitos inteligentes que constroem um vencedor
Os melhores exercícios de dicção para você ter um melhor desempenho profissional
Os mortos e os vivos no planeta dos negócios
Os nocautes da pessoa eficaz
Os Onze Mitos sobre o Planejamento do Tempo dos Líderes
Os quatro gritos do cliente silencioso
Os Seis Lados da Verdade
Os Vinte Bandidos da Venda
Para que você existe?
Pare de engolir sapos... e venda
Parem de falar mal da AIDA
Porque Pelé seria um bom vendedor
Senso de Humor em Vendas
Sete maneiras de comprometer sua equipe
Tornar-se Mais Inovador
Você está vivo? Então você é cliente de funerária!
Abaixo a √Āguia, Viva a Galinha
O Marketing dos Medíocres
Como abrir clientes fechados
O trabalho, o futebol e a motivação
O Titanic das Vendas
O Telemarketing do Conde Dr√°cula
Copa 1998: O que realmente aconteceu no jogo Brasil e França
O que é dar descontos na Era da Descontomania
O que é comprometimento?
O que ainda n√£o lhe contaram sobre atendimento
Marketing para Pessoas Empreendedoras
As três piores frases do mundo (para os que querem vencer)

COMENTE ESTE ARTIGO:
Nome:
Email:

(0 / 255)
O tamanho máximo do comentário é de 255 caracteres.
Atenção!
Você irá receber um email para confirmar seu comentário para que o mesmo seja publicado nesta página, portanto o campo Email é de preenchimento obrigatório e, ao enviar, você assume a responsabilidade pelas suas palavras inseridas neste comentário.
*NOTA : o JornalRMC abre esse espaço para que nossos colunistas exponham, de forma voluntária, seus pontos de vista sobre os assuntos em que são especialistas. Dessa forma, as opiniões apresentadas são de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, não refletindo necessariamente a opinião do portal e de seus editores.

 
SOS Impressoras
Rádio Novo Tempo Campinas
Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas

.: Acessos: 7.065.328 :. | .: desde Agosto/2007 :. | .: contato: imprensa@jornalrmc.com.br :. | .: desenvolvido por: LINDEMUTH Comunicação :.