Traçando objetivos

Compartilhar no Facebook

Enviar por email Imprimir este artigo
Silvestre Gonçalez
silvestre@desktop.com.br
 

Às vezes a gente fica contemplando o infinito e muitas perguntas nos vêm à tona. Geralmente muitas delas não têm respostas imediatas. Tais perguntas nos deixam perplexos. Como ser feliz num mundo de tanta desigualdade? Como desfrutar uma vida vitoriosa, se os fracassos são incessantes? Como superar os obstáculos que nos acometem? Como ter entusiasmo num mundo de desânimo? Como sentir-se bem a cerca de si mesmo? Como alcançar o sucesso no trabalho, na escola e na família?

Depois de um bom tempo de aprendizado cheguei a uma conclusão, que a preocupação e a ansiedade não acrescentam em nada na vida. Aliás, só complica os problemas emocionais e cardíacos, é pura perda de energia. Tanto a preocupação quanto a ansiedade não mudam o passado, não controlam o futuro e não resolvem os problemas, elas nos fazem sentir inferior e miserável.

A gente só colhe aquilo que planta. Sendo assim é fundamental evitar no máximo o desperdício de tempo. A vida é curta demais é como uma neblina. Rejeite todas as reações que produzam dúvida e derrota. Saiba discernir os propósitos em sua vida. Evite reclamar das perdas do passado e o medo do futuro, o melhor é viver o presente.

Entendimento e sabedoria são chaves de ouro para vencer todas as batalhas que o mundo nos apresenta. Nunca culpe os outros por causa dos fracassos. O melhor é procurar uma saída. Concentre-se nos pontos fortes e não perca o entusiasmo em ver um mundo melhor ao seu redor. Ouse aceitar mudanças. Desligue-se de pessoas desqualificadas e interesseiras, que aproveitam ou abusam de sua vida. Faça uma nova avaliação das amizades tornando-as mais seletiva.

Eu também aprendi que falar sobre todas as perdas, todos os infortúnios e fracassos da vida, certamente fornecerá aos outros uma “fotografia” como derrotado e perdedor. E as pessoas nunca nos verão como vencedor.

As empresas bem-sucedidas são aquelas que estão sempre se atualizando e lançando novos produtos, descobrindo a vontade do consumidor.

As palavras servem de sinalização aos outros, e apontará a direção em que sua vida está se movendo. Cada vez que a gente fala das derrotas ou fracassos os outros nos observam e fazem uma avaliação depreciativa. É melhor ficar atento. Isso é um perigo. É munição para o oponente. O melhor é falar quando tudo estiver superado.

Descubra o que você mais gosta de fazer no trabalho e desempenhe o melhor possível, isso irá fazer com que pessoas lhe dêem mais valor. Deus dá a “pá”, mas é você que tem de “escavar”.

Sucesso traz felicidade, um excelente sentimento a respeito de si mesmo. Felicidade significa sentir-se bem. A felicidade está dentro de nós mesmo, não ao redor. A gente nunca vai obter o que não estiver disposto a buscar. São as pequenas coisas que levam aos grandes projetos. A pessoa de sucesso é aquela que investe em si mesma.

Os vencedores sempre falam das possibilidades de sucesso, das oportunidades e vivem das vitórias presente. Os perdedores discutem os seus obstáculos, seus problemas, sentem-se escravos e vitimas e ficam olhando as “fotografias” do fracasso.

Deus não nos criou como fracassados, fomos feitos para dominar sobre as obras dele. Todos têm uma missão específica, cabe a cada um discernir e desenvolver as habilidades recebidas de Deus.



Silvestre Gonçalez
Jornalista, publicitário, pós–graduado em Administração e Marketing.
Email: silvestre@desktop.com.br




Mais textos deste colunista:
Passado no presente
Palavras
Sonhos
Maldade
Destacar-se
Distanciamento
Planejamento
Teimosia
Confiança
Escolha
Perseverança
Gratidão
Esperança
Valorize-se
Humildade
Ansiedade
Desapego
A tecnologia nos distancia
Aproveitando as oportunidades do Marketing
Removendo as máscaras
Novo perfil econômico de Sumaré
Os perigos das redes sociais
Uma paixão nacional
Um recado aos políticos
Presente de Natal
Superando suas metas
Afinal, qual é o seu talento?
Inimigo dos relacionamentos
Deserto financeiro
O impacto do desânimo
Atitudes de algumas pessoas
Não ceder à corrupção
Escassez de profissional especializado
Investindo no futuro
Fazendo uma fezinha
Déficit habitacional na RMC
Nota fiscal solidária
Energia com sustentabilidade
Como é bom ser brasileiro
Perigo no trânsito
A inveja destrói
Você é feliz no seu trabalho?
Use a raiva a seu favor
Chega de empurrar com a barriga
Em busca do conhecimento
Pra que sofrer?
Superando as adversidades
Aproveitando melhor o tempo
Quebrando a rotina
O valor da disciplina
A intolerância com os outros
Reta final
Você decidiu em quem votar?
Voto Regional
Meu voto não tem mistério
Faça parte dessa história
Por que Sumaré merece ter Deputado?
Networking gera benefícios e amplia relacionamentos
O perigo da murmuração
O que faz um deputado?
Espírito empreendedor
Em quem você votou nas últimas eleições?
Água, líquido precioso
O prazer em viajar
Entre vitórias e derrotas
As aparências enganam
Ecologicamente correto
A experiência de um sábio
Acreditar é diferente de confiar
Política se discute?
A Influência da Assessoria na Liderança
Os olhos não mentem
Fale menos, faça mais
2012 será o fim do mundo?
Crescimento desorganizado provoca reações da natureza
Aos meus amigos
Sustentabilidade para garantir futuras gerações
Natal, presente de Deus

COMENTE ESTE ARTIGO:
Nome:
Email:

(0 / 255)
O tamanho máximo do comentário é de 255 caracteres.
Atenção!
Você irá receber um email para confirmar seu comentário para que o mesmo seja publicado nesta página, portanto o campo Email é de preenchimento obrigatório e, ao enviar, você assume a responsabilidade pelas suas palavras inseridas neste comentário.
*NOTA : o JornalRMC abre esse espaço para que nossos colunistas exponham, de forma voluntária, seus pontos de vista sobre os assuntos em que são especialistas. Dessa forma, as opiniões apresentadas são de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, não refletindo necessariamente a opinião do portal e de seus editores.

 
SOS Impressoras
Rádio Novo Tempo Campinas
Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas

.: Acessos: 7.065.237 :. | .: desde Agosto/2007 :. | .: contato: imprensa@jornalrmc.com.br :. | .: desenvolvido por: LINDEMUTH Comunicação :.