Os melhores exercícios de dicção para você ter um melhor desempenho profissional
Você está muito triste com sua voz? Acha que ela é uma taquara rachada? Sente que sua fala mais parece a de um sapo resfriado? Bem, não precisa ficar preocupado.
Compartilhar no Facebook

Enviar por email Imprimir este artigo
Maurício Góis
contato@mauriciogois.com.br
 

Sua cor faríngea não vai dar para mudar porque seu esqueleto ressonancial já está formado, mas nem tudo está perdido. Não há exercício capaz de fazer você ter a voz do Cid Moreira.

Lembre-se de que voz √© personalidade, n√£o sons jogados aos ares. Voc√™ acha a voz do Renato Arag√£o bonita? Escute a voz dele s√≥ um pouquinho. Eta, voz feia, hem? Mas sabe por que voc√™ achou a voz dele feia? Porque eu tirei a voz de dentro da personalidade dele e pedi que voc√™ ouvisse s√≥ a voz dele sem o Renato Arag√£o dentro. Agora responda: voc√™ consegue imaginar uma outra voz para o Renato Arag√£o que n√£o seja aquela dele? Voc√™ consegue imagin√°-lo com a voz do Cid Moreira? Que feio, hem? A conclus√£o de tudo isso, ent√£o, √© que voz √© personalidade. Sabe qual a melhor voz para voc√™. √Č aquela que Deus lhe deu. Acredite nisso e v√° em frente sem complexos.

Bem, você não muda seu timbre, mas você pode melhorar sua dicção, sua entonação, sua modulação e sua intensidade. Como? Com alguns exercícios. Faça-os e veja os incríveis resultados que você obterá:

1. SE O SEU PROBLEMA √Č ARTICULA√á√ÉO DE ENCONTROS CONSONANTAIS LEIA EM VOZ ALTA ESSAS FRASES APARENTEMENTE ‚ÄúLOUCAS‚ÄĚ.
CR -O cr√©pido crep√ļsculo da crendice creditou a cren√ßa na cria√ß√£o crente. A cretiniza√ß√£o do cretense cravou a cruz cr√≥cea na crom√°tica do croinha.
CL - Na clava do clássico clarim clareou a clemência do clero clínico. A clina do claro ciclita clamou à clã eclética.
BR - brejal brenhoso brilhou na bruma. Os bruxos do breu bravo bravejaram o bramoso brechão do brasílico.
PR - O pracista pragmático praguejou na praça prática da Pátria prásia.
PL - O plágio do plástico platonista pleiteou o plantão plenipotente do plévio pleito da plenitude.
TR - O tribunal triclínico do trombeteiro triunfou no trono trópico do triturado triunfo triste.
GR - A gram√°tica gritou o gr√°fico do graf√≥logo graduado em granita exgranizada grec√Ęnia.

2. SE O SEU PROBLEMA √Č DITONGOS, TRITONGOS E HIATOS ARTICULE ESSAS FRASES:
O aio da aia aiou aiuê / aio da aia aiou aiuê / O aio da aia aiou aiuê.
O réu Leléu tirou o véu seu para ver o céu.
A saia da Maia baila na paina e vaia a faina.
Os crist√£os celestiais p√Ķem os cora√ß√Ķes sobre as m√£os de Deus.

3. PARA ARTICULAR AS VOGAIS PRONUNCIE ALTO:
A - A aramaica falava da clara mata pois cantava a alva Lal√° alada
E - Belelel√™ fez belelel√© para a lebre a leve do c√©lebre dend√™ do Bel√©m.O - O ovo do lodo n√£o monologou o sono do osso horroroso nem tomou o po√ßo nono do pomposo vov√ī.
I - O impossível Quindim quis tinir tintin pinintintin sem sirlinlin.
U - O mumu sem zunzum do urutu e uruçus furtou o vulto do Dudu.

4. MAS SE O SEU PROBLEMA √Č ARTICULA√á√ÉO DE CONSOANTES, LEIA EM VOZ ALTA ESSES EXERC√ćCIOS:
(Construtiva fricativa labiodental sonora)
V
O Veda vazou a valeta do vale para valer valentemente. O valenciano velou o valão vocal numa vacilação vadia. O vagonete variável vai variado para a vaticinante vatinga. A vela do vedóia vedou a volta do vigoroso vazanteiro.
(construtiva fricativa labiodental surda)
F
O forte fossilizado ofuscou o fragor do frade. O fotófobo fugiu da fotocromia fragmentada. A fraga foi ferida pela francesa fornalha do funcional fumívoro forqueado.
(oclusiva bilabial sonora nasal)
M
Mandado manchar o manaié o manajeiro mandou o maníaco manipular a mantilha. O manuseio mais maravilhou o mameluco mambira O mamífero mamote mastigou a mamoma mamiforme. O mamulengo do mamute melodiou o mama-mamá para a mamãezinha malsã.
(oclusiva bilabial sonora oral)
B
A boneca boba borrifada pela botica bailava no box. O brado do botelheiro bra√ßal brevejou o bamboleio do bra√ßal b√ļzio. A b√ļssola do broeiro bromou na brugu√©ia broqueada sem o brio do brilhante brinde do bragantino br√īnzeo e brunido. A brutalidade do brutal barbarizou a bananeira baiana do bandeiro bancado.
(oclusiva linguodental surda)
T
Tiraram o ti√ß√£o da tulha tunesiana que entulhou Tup√£ de tumulto torpe. Tereza tem tudo triplicamente no tanque tomista. O teor√©tico t√©ologo do teorema teorizou a teogonia. O tagal trocou a tagarela pelo tagat√© tafona da talentosa Tat√ļia.
(oclusiva labiodental sonora)
D
Ded√©, Dod√≥ e Dudu dedilharam o decurso do d√©dalo com dedica√ß√£o definida. A dedicada decr√©pita datilografou o decomposto d√©bito do deca√≠do. O decalque do dec√°logo do didi din√Ęmico debilitou a debutante Dad√°.
(construtiva lateral alveolar sonora √°pico-alveolar)
L
O lince sonolento levou a linda Línea para o lago lamuriante da lápide lavada.O latifloro da latência lírica latejou o línquem leve do tumulto das libélulas liriais.


Maurício Góis
Consultor filiado ao IBCO ‚Äď Instituto Brasileiro de Consultores de Organiza√ß√£o desde 1983.
Ficou conhecido nacionalmente como autor da obra ‚ÄúChefia e Lideran√ßa‚ÄĚ da IOB-INFORMA√á√ēES OBJETIVAS, um best seller na √°rea por quase uma d√©cada.

Email: contato@mauriciogois.com.br
Site: www.mauriciogois.com.br




Mais textos deste colunista:
Minhas 15 "profecias" sobre globalização e outros bichos
Tomada de Decis√£o: 101 perguntas que resolvem qualquer problema
Os órfãos da auto-ajuda
Os h√°bitos inteligentes que constroem um vencedor
Os mortos e os vivos no planeta dos negócios
Os nocautes da pessoa eficaz
Os Onze Mitos sobre o Planejamento do Tempo dos Líderes
Os quatro gritos do cliente silencioso
Os Seis Lados da Verdade
Os Vinte Bandidos da Venda
Para que você existe?
Pare de engolir sapos... e venda
Parem de falar mal da AIDA
Porque Pelé seria um bom vendedor
Senso de Humor em Vendas
Sete maneiras de comprometer sua equipe
Tese, Antitese e Síntese
Tornar-se Mais Inovador
Você está vivo? Então você é cliente de funerária!
Abaixo a √Āguia, Viva a Galinha
O Marketing dos Medíocres
Como abrir clientes fechados
O trabalho, o futebol e a motivação
O Titanic das Vendas
O Telemarketing do Conde Dr√°cula
Copa 1998: O que realmente aconteceu no jogo Brasil e França
O que é dar descontos na Era da Descontomania
O que é comprometimento?
O que ainda n√£o lhe contaram sobre atendimento
Marketing para Pessoas Empreendedoras
As três piores frases do mundo (para os que querem vencer)

COMENTE ESTE ARTIGO:
Nome:
Email:

(0 / 255)
O tamanho máximo do comentário é de 255 caracteres.
Atenção!
Você irá receber um email para confirmar seu comentário para que o mesmo seja publicado nesta página, portanto o campo Email é de preenchimento obrigatório e, ao enviar, você assume a responsabilidade pelas suas palavras inseridas neste comentário.
*NOTA : o JornalRMC abre esse espaço para que nossos colunistas exponham, de forma voluntária, seus pontos de vista sobre os assuntos em que são especialistas. Dessa forma, as opiniões apresentadas são de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, não refletindo necessariamente a opinião do portal e de seus editores.

 
SOS Impressoras
Rádio Novo Tempo Campinas
Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas

.: Acessos: 7.065.319 :. | .: desde Agosto/2007 :. | .: contato: imprensa@jornalrmc.com.br :. | .: desenvolvido por: LINDEMUTH Comunicação :.