Os órfãos da auto-ajuda

Compartilhar no Facebook

Enviar por email Imprimir este artigo
Maurício Góis
contato@mauriciogois.com.br
 

Auto-ajuda realmente funciona? Bem, h√° quem diga que se o otimismo n√£o ajuda e o pessimismo prejudica, ent√£o, √© preciso ser otimista at√© por falta de op√ß√£o. Mas a realidade √© que n√£o se pode negar que o lado bom da auto-ajuda dispara o √Ęnimo vencedor em algumas pessoas que, mesmo desafortunadas e pobretonas, s√£o capazes de superar todos os obst√°culos.

Ningu√©m perde nada por pensar com entusiasmo, iniciativa, disciplina, ousadia e agir estrategicamente. No entanto, muitas pessoas, quando entram em contato com lado negativo da auto-ajuda, passam da euforia para a depress√£o e acabam com um sentimento de vazio, frustra√ß√£o e incapacidade pessoal, do tipo ‚Äúfunciona-com-os-outros-mas-n√£ofunciona-comigo‚ÄĚ. Para evitar isso, desconfie dos gurus do autoconhecimento quando dizem que basta voc√™ acreditar em seu poder sem limites ‚Äď e saber o que se quer e querer o que se sabe ‚Äď que voc√™ despertar√° seu gigante interior e todas as portas se abrir√£o.

Esses gurus est√£o prontos para dar explica√ß√Ķes inteligentes, quando seus conselhos falham: - Ora, se voc√™ leu o meu livro e cometeu algum erro na sua reprograma√ß√£o de vida, - n√£o me culpe, - √© porque voc√™ apertou o bot√£o errado ou voc√™ errou na receita, ou na dose, ou n√£o acreditou em seu potencial, ou acreditou na dire√ß√£o errada, ou acreditou mas n√£o agiu, ou agiu mas n√£o perseverou, ou acreditou mas n√£o foi acreditado.

Mas o pior lado da auto-ajuda é aquele que tenta provar que todos temos a mesma opção para atingir o topo do sucesso. Bem, a não ser que você tenha o seu próprio conceito de sucesso, esta é uma idéia que tende a frustrar milhares de pessoas que jamais vencerão na vida, não porque são acomodadas ou incompetentes, ou conformistas ou jurássicas, mas porque, muitas vezes, tem o livre-arbítrio bloqueado por um sistema desumano gerado pela Competitividade Predatória que só leva em consideração o Lucro sem responsabilidade social e que privilegia uns poucos e massacra a maioria. Há os que vão discordar: - ora, para que eu vença, o outro não precisa perder. Mas a história da humanidade tem mostrado que, na prática, não é bem assim que funciona. Dizer que o sucesso está ao alcance de todos é uma declaração politicamente incorreta, biologicamente contestada e de inteligência emocional analfabeta. Alguns conselhos de auto-ajuda geram estresse e desespero nas pessoas comuns. Isso se dá quando escutam coisas do tipo: hoje, para você
ficar onde você já está, é preciso correr muito. A idéia é bonita e real e desperta o desafio de ser melhor. Mas será que é racional afirmar que pessoas comuns vão desaparecer ou empobrecer porque optaram em não atualizar paradigmas antigos? Ou porque escolherem ser inertes e não possuem a energia inquieta da superação? Ou porque não querem ser ponto.com e, sim, ponto.sem? Parece que as respostas, por certo, estão em outra direção.

Resumo muitos conselhos do lado ruim da auto-ajuda assim: Jogue uma galinha e uma raposa dentro de uma jaula fechada e grite bem alto: Viva a liberdade da galinha, viva a liberdade da raposa! E aí você já pode prever o que vai dar: o mais forte vai massacrar o mais fraco, só que de maneira diferente: a pregação de hoje é que não é mais o mais forte que destrói o mais fraco e, sim, que o mais rápido vai destruir o mais lento e o mais culto o menos escolado. Auto-ajuda, então, não é para todo mundo. Se a informação no mundo dobrava a cada 14 meses, e hoje, dobra a cada 80 dias será que pessoas desempregadas, lendo alguns livros de auto-ajuda irresponsável, terão espírito empreendedor ou competência pessoal dobrada para enfrentar o conhecimento dobrado da Era do Caos onde as coisas são criadas para rolar, não para durar e onde ser excelente é ser efêmero? Ou a auto-ajuda discrimina as pessoas? Ora, se empresas industriais estão trocando 12 seres humanos por um sensor industrial, qual será o futuro dos demitidos? Ora, reuna todos eles e dê conselhos do tipo: tenha gosto pelo risco, mentalize-se como pessoa vencedora, pense grande, melhore sua auto-estima, transforme seus sonhos em objetivos, reinvente suas oportunidades, busque a inovação contínua, otimize seus hemisférios cerebrais e tenha ousadia com atrevimento criador.

Muitos ouvir√£o e come√ßar√£o a rezar. Mas isso n√£o √© auto-ajuda. √Č ajuda do Alto.

Acredite: a auto-ajuda funciona. Mas só se você separar o joio do trigo.


Maurício Góis
Consultor filiado ao IBCO ‚Äď Instituto Brasileiro de Consultores de Organiza√ß√£o desde 1983.
Ficou conhecido nacionalmente como autor da obra ‚ÄúChefia e Lideran√ßa‚ÄĚ da IOB-INFORMA√á√ēES OBJETIVAS, um best seller na √°rea por quase uma d√©cada.

Email: contato@mauriciogois.com.br
Site: www.mauriciogois.com.br




Mais textos deste colunista:
Minhas 15 "profecias" sobre globalização e outros bichos
Tomada de Decis√£o: 101 perguntas que resolvem qualquer problema
Os h√°bitos inteligentes que constroem um vencedor
Os melhores exercícios de dicção para você ter um melhor desempenho profissional
Os mortos e os vivos no planeta dos negócios
Os nocautes da pessoa eficaz
Os Onze Mitos sobre o Planejamento do Tempo dos Líderes
Os quatro gritos do cliente silencioso
Os Seis Lados da Verdade
Os Vinte Bandidos da Venda
Para que você existe?
Pare de engolir sapos... e venda
Parem de falar mal da AIDA
Porque Pelé seria um bom vendedor
Senso de Humor em Vendas
Sete maneiras de comprometer sua equipe
Tese, Antitese e Síntese
Tornar-se Mais Inovador
Você está vivo? Então você é cliente de funerária!
Abaixo a √Āguia, Viva a Galinha
O Marketing dos Medíocres
Como abrir clientes fechados
O trabalho, o futebol e a motivação
O Titanic das Vendas
O Telemarketing do Conde Dr√°cula
Copa 1998: O que realmente aconteceu no jogo Brasil e França
O que é dar descontos na Era da Descontomania
O que é comprometimento?
O que ainda n√£o lhe contaram sobre atendimento
Marketing para Pessoas Empreendedoras
As três piores frases do mundo (para os que querem vencer)

COMENTE ESTE ARTIGO:
Nome:
Email:

(0 / 255)
O tamanho máximo do comentário é de 255 caracteres.
Atenção!
Você irá receber um email para confirmar seu comentário para que o mesmo seja publicado nesta página, portanto o campo Email é de preenchimento obrigatório e, ao enviar, você assume a responsabilidade pelas suas palavras inseridas neste comentário.
*NOTA : o JornalRMC abre esse espaço para que nossos colunistas exponham, de forma voluntária, seus pontos de vista sobre os assuntos em que são especialistas. Dessa forma, as opiniões apresentadas são de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, não refletindo necessariamente a opinião do portal e de seus editores.

 
SOS Impressoras
Rádio Novo Tempo Campinas
Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas

.: Acessos: 7.247.630 :. | .: desde Agosto/2007 :. | .: contato: imprensa@jornalrmc.com.br :. | .: desenvolvido por: LINDEMUTH Comunicação :.