Por que estão com tanto medo, homens de pequena Fé? (Mateus 8:26)

Compartilhar no Facebook

Enviar por email Imprimir este artigo
Gabriela Silva Peres
gabrielaspperes@gmail.com
 

Uma médica publicou um livro baseado em pacientes em estado terminal. Conta e analisa a situação destas pessoas que estavam prestes a morrer e contavam suas histórias e experiências, refletiam e se lamentavam da vida que haviam tido e que agora, não valia mais de nada, a não ser dos que a fizeram valer a pena.

Em uma das suas pesquisas, a médica concluiu abertamente que a maior reclamação de seus doentes no leito de morte sobre a vida era:
1- Deviam ter tido coragem de expressar seus sentimentos.
2- Deviam ter trabalhado menos (OBA!!)
3- Deviam ter feito mais o que eles realmente queriam e não o que outros esperam que eles fizessem.
4- Deviam ter mantido contato com os amigos.
5- Deviam ter se permitido ser mais Feliz.

Engraçado como não consigo entender pessoas que não são felizes e que se amedrontam de pensar em largar tudo, jogar fora sentimentos velhos, coisas velhas, chefes velhos e começar de novo.

Um dos maiores sonhos que tenho é de fazer as pessoas entenderem que devemos aproveitar a vida sem tanta responsabilidade. Não digo deixar de pagar as contas e parar de escovar os dentes. Mas em fazer coisas sem tanta preocupação. Se você acredita em Deus, deveria saber que no final, tudo SEMPRE ficará bem.Tudo sempre dá certo.
Não importa o que aconteça , nem o maior problema que você tenha. Então, pra que tanta encanação, segue a vida e deixa rolar.

O tempo passa, o calor acaba e agente até desaba, mas nosso coração continua acolhendo os mesmos corações. Encontramos novos amores para compartilhar, e os antigos no fim da fila queremos deixar. Sabemos que temos amigos e que para sempre eles estarão ali.
Mas cair as vezes na real de que não sabemos quando será nosso final, não faz mal.

Aproveitemos o tempo que nos resta fazendo valer a pena. Diga o que sente, grite, esbraveje, sinta raiva, sinta o amor, sinta a amizade e realize seus desejos, não tenha medo.

"Não tenha medo pequeno rebanho, pois foi do agrado do Pai dar-lhes o reino" (Mateus 14:27)

O medo não está disposto a dividir o coração com a felicidade.
A vida passa muito rápido e o depois é tarde demais. Não adianta vir aqui e ler um punhado de palavras bonitas, de incentivo. Pense que é real estas possibilidades. Saia do lugar que todos esperam que você esteja. Faça o que você quer fazer. Encontre as pessoas que ama e diga que as ama.

Amor demais não faz mal. Ausência sim. E durante toda a minha vida, sempre deixarei meu apelo para ver você mais feliz.
Aproveita, que é o melhor que tá tendo.
No final, que pode ser hoje, amanhã ou a dez anos, você não vai querer se lamentar de coisas simples. Que por uma palavra, um encontro, um sorriso, uma discussão, podia ter feito a diferença.

E a culpa de não ter feito essa diferença será para sempre sua.
O que você faria hoje se fosse seu último dia?
então...FAÇA!


Gabriela Silva Peres
Formada em jornalismo pela Universidade Paulista - UNIP
Email: gabrielaspperes@gmail.com
Site: gabrielaperesportifolio.blogspot.com.br
Blog: peresgabrielaperes.blogspot.com.br




Mais textos deste colunista:
Projeto Cão Feliz
O que fazer quando falta inspiração para escrever
O que define uma relação
O DIFÍCIL ACESSO A EDUCAÇÃO
Namore um barrigudinho
Depoimento de um Call Center
Idolatre a Dúvida
Os Black Blocs
Cara de Pau (Augusto Antunes)
Marginalzinho marginalizado?
Deixa eu falar filha da puta!
Governo "dilma"
Qual é a cor do inimigo?
INVEJA
O que não pode ser debatido numa democracia?
Eleições 2014
UNIVERSIDADE PARA TODOS. AHAN ...
Se eu morrer, façam festa
Não é mais tempo de votarmos no PT
Pra quem nasce na guerra, a paz não existe
Ônibus lotado, cansativo, apertado. Tudo errado
Ópio ou não, pra que religião?
Comer bebês é proibido, afirma Governo
E "Deus fez o homem e a mulher". E ponto ?
TRAIÇÃO

COMENTE ESTE ARTIGO:
Nome:
Email:

(0 / 255)
O tamanho máximo do comentário é de 255 caracteres.
Atenção!
Você irá receber um email para confirmar seu comentário para que o mesmo seja publicado nesta página, portanto o campo Email é de preenchimento obrigatório e, ao enviar, você assume a responsabilidade pelas suas palavras inseridas neste comentário.
*NOTA : o JornalRMC abre esse espaço para que nossos colunistas exponham, de forma voluntária, seus pontos de vista sobre os assuntos em que são especialistas. Dessa forma, as opiniões apresentadas são de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, não refletindo necessariamente a opinião do portal e de seus editores.

 
SOS Impressoras
Rádio Novo Tempo Campinas
Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas

.: Acessos: 6.990.766 :. | .: desde Agosto/2007 :. | .: contato: imprensa@jornalrmc.com.br :. | .: desenvolvido por: LINDEMUTH Comunicação :.