O que fazer quando falta inspiração para escrever

Compartilhar no Facebook

Enviar por email Imprimir este artigo
Gabriela Silva Peres
gabrielaspperes@gmail.com
 

H√° dias procuro uma pauta para escrever e n√£o encontro.

Quando se tem liberdade para escolher o tema, qualquer coisa vira inspiração para redigir, mas quando o assunto é tabelado, você dá voltas e voltas e não acha o que precisa.

Senta, come, olha no celular, levanta, bebe √°gua, d√° uma olhada na rua, senta de novo, olha sua rede social, pesquisa na internet, assiste a um v√≠deo engra√ßado, procura algum debate inteligente para extrair ideias, faz anota√ß√Ķes, come de novo, olha no celular e assim √© o ciclo vicioso da falta de inspira√ß√£o.

Você pensa num determinado tema, começa a escrever, lembra de dar atenção ao seu cachorro, volta e acha todo aquele parágrafo uma porcaria e cria em si mesmo um ato desesperador de se escrever qualquer coisa porque não aguenta mais essa falta de ideias.

No meu limite da falta de criatividade resolvo interceptar meu chefe para que se fa√ßa Deus e me d√™ uma luz. Afinal, √© ele quem vai publicar a pr√≥xima ideia que ainda n√£o tive. E ent√£o, quando come√ßo a suplicar ajuda, resolvo escrever sobre essa falta de conte√ļdo em mim mesma.

N√£o devo ser a √ļnica, e pode ser que consiga ajudar outras pessoas t√£o desesperadas quanto a mim que de hora ou outra se depara com a falta de instiga√ß√£o de seu pr√≥prio c√©rebro e isso irrita.

Qual jornalista n√£o tem ideia e criatividade? Nunca vi isso.

Pauta estipulada d√° uma travada na cabe√ßa, parece que voc√™ tem dist√ļrbios e d√©ficit de aten√ß√£o. Tudo parece mais interessante, menos escrever. At√© que voc√™ fica desesperado e vomita qualquer coisa no papel, faz uma pesquisa ou outra e at√© que sai alguma coisa.

Nada se compara a quando você tem inspiração. Seu texto não é mais qualquer texto feito às pressas para tapar buraco. Você passa a amá-lo admirá-lo e respeitá-lo. O namora por diversas vezes, corrigindo, mudando uma coisa ou outra, acrescentando algo esquecido.

Enfim, passamos por dias de tormentas, mas também de glórias.

Algumas dicas para escrever bem

Problemas para escrever? Acalme-se e respire fundo. A √ļnica solu√ß√£o para o problema de n√£o pensar, √© pensar. Escrever n√£o √© f√°cil, requer talento, disposi√ß√£o, criatividade, intelig√™ncia e for√ßa de vontade.

Redigir é uma tarefa árdua onde a preguiça fala mais alto. Escrever bem exige muitos exercícios e leitura, o resultado final compensa.

N√£o perca o √Ęnimo de escrever caso tenha dificuldades e certo tipo de bloqueio. Pesquise o tema, seja objetivo, se n√£o sabe como come√ßar, apenas comece.

Concentre-se em qual √© a mensagem que deseja passar, quem deseja atingir e escreva da forma mais simples poss√≠vel. Textos cheios de explica√ß√Ķes cient√≠ficas com palavras inadequadas cansa, e ningu√©m l√™ at√© o final. Quando surgir uma ideia, anote, leve bloquinhos na bolsa. Surgiu uma ideia ou pensamento, anote o mais r√°pido poss√≠vel, nosso c√©rebro n√£o para e definitivamente em dez segundos voc√™ pode esquecer aquela ideia brilhante que acabara de ter.

O mais importante não é como sua redação começa, mas sim como termina. Não tente escrever a versão final do seu texto e frases marcantes no início. A edição do texto leva tempo, mas é crucial para o bom resultado. A boa redação também exige reescrever. A meta é clareza, concisão e objetividade, devemos isso à mensagem que pretende passar, a seu leitor e a si mesmo.

Fa√ßa pesquisas, n√£o √© pl√°gio ler resumos sobre o tema, afinal ningu√©m sabe tudo. Fa√ßa perguntas ao seu pr√≥prio texto e descubra nele o que falta. Lembre-se que o valor do texto s√≥ √© bom se o conte√ļdo for seu.

Dizia Edward Wakin, professor de comunica√ß√£o na Fordham University: ‚ÄúO leitor √© um consumidor olhando vitrines‚ÄĚ.

Com o tempo e exercícios, perceberá seu estilo de escrever, suas qualidades e pontos a corrigir. Escrever sempre será um treino, onde quem vence é o escritor.



Gabriela Silva Peres
Formada em jornalismo pela Universidade Paulista - UNIP
Email: gabrielaspperes@gmail.com
Site: gabrielaperesportifolio.blogspot.com.br
Blog: peresgabrielaperes.blogspot.com.br




Mais textos deste colunista:
Projeto C√£o Feliz
O que define uma relação
O DIF√ćCIL ACESSO A EDUCA√á√ÉO
Namore um barrigudinho
Depoimento de um Call Center
Idolatre a D√ļvida
Os Black Blocs
Cara de Pau (Augusto Antunes)
Marginalzinho marginalizado?
Deixa eu falar filha da puta!
Governo "dilma"
Qual é a cor do inimigo?
INVEJA
O que n√£o pode ser debatido numa democracia?
Elei√ß√Ķes 2014
UNIVERSIDADE PARA TODOS. AHAN ...
Se eu morrer, façam festa
Por que estão com tanto medo, homens de pequena Fé? (Mateus 8:26)
Não é mais tempo de votarmos no PT
Pra quem nasce na guerra, a paz n√£o existe
√Ēnibus lotado, cansativo, apertado. Tudo errado
√ďpio ou n√£o, pra que religi√£o?
Comer bebês é proibido, afirma Governo
E "Deus fez o homem e a mulher". E ponto ?
TRAIÇÃO

COMENTE ESTE ARTIGO:
Nome:
Email:

(0 / 255)
O tamanho máximo do comentário é de 255 caracteres.
Atenção!
Você irá receber um email para confirmar seu comentário para que o mesmo seja publicado nesta página, portanto o campo Email é de preenchimento obrigatório e, ao enviar, você assume a responsabilidade pelas suas palavras inseridas neste comentário.
*NOTA : o JornalRMC abre esse espaço para que nossos colunistas exponham, de forma voluntária, seus pontos de vista sobre os assuntos em que são especialistas. Dessa forma, as opiniões apresentadas são de única e exclusiva responsabilidade dos mesmos, não refletindo necessariamente a opinião do portal e de seus editores.

 
SOS Impressoras
Rádio Novo Tempo Campinas
Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas

.: Acessos: 7.251.287 :. | .: desde Agosto/2007 :. | .: contato: imprensa@jornalrmc.com.br :. | .: desenvolvido por: LINDEMUTH Comunicação :.