Crianças aprendem e discutem sobre as privações do trabalho infantil

Alunos do Colégio Marista Arquidiocesano estão produzindo o projeto interdisciplinar denominado “Valorização da vida: A criança e seus direitos”

A partir de algumas discussões nas aulas a respeito da desigualdade social, os alunos do 3º ano do Colégio Marista Arquidiocesano, localizado em São Paulo (SP), se sensibilizaram para desenvolver um projeto refletindo a respeito de como muitas crianças têm sido prejudicadas, sem ter acesso a uma boa educação ou oportunidade de continuar os estudos de forma adequada, alimentação apropriada, moradia digna; o mínimo necessário para ter qualidade de vida.

“Observamos que com a pandemia da Covid-19, esse problema aumentou substancialmente. Algumas crianças precisaram parar os estudos e trabalhar para ajudar suas famílias no sustento da casa”, avalia a professora Rosangela Hanssen Nunes de Siqueira.  

O projeto interdisciplinar denominado “Valorização da vida: A criança e seus direitos” está sendo conduzido pelas professoras Adriana Maria Viana de Souza e Rosangela Hanssen Nunes de Siqueira, orientado pela coordenadora pedagógica Lilian Gramorelli e faz parte do desenvolvimento do Projeto de Intervenção Social (PIS) da turma, uma prática pedagógica Marista que promove o diálogo e o protagonismo, permitindo entender as necessidades humanas e sociais, questioná-las e traçar caminhos para enfrentar as problematizações contemporâneas.

Com isso, foi iniciada discussão a respeito dos direitos das crianças e suas necessidades, inclusive com uma apresentação sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os estudantes foram sensibilizados a refletir sobre as condições que possuem para praticar a empatia, se colocando no lugar destas crianças, que não têm um mínimo necessário para um bom desenvolvimento.

“Nas aulas de Língua Portuguesa, também foram apresentados alguns anúncios a respeito do trabalho infantil e mais uma vez nossos alunos questionaram a respeito dos direitos das crianças que não são respeitados e o quanto a realidade deles é bem diferente da de muitas crianças”, explica a professora Adriana Maria Viana de Souza.

As docentes aproveitaram a discussão, usando o livro “Meninos Malabares – Retratos do Trabalho Infantil no Brasil” de autoria de Bruna Ribeiro e Tiago Queiroz Luciano, que relata várias histórias de crianças que desde muito pequenas, vivem como adultos, enfrentando o trabalho desde muito jovens.

Os alunos também conheceram o livro “Where children sleep” (Onde dormem as crianças, em tradução livre) do fotógrafo britânico James Mollison. Na obra, Mollison passou cinco anos fotografando crianças e adolescentes estabelecendo a relação entre elas, o mundo e os lugares onde dormem.

“Ao escutarem as histórias, os alunos ficaram bem comovidos com essa triste realidade. Por isso, estamos elaborando também uma exposição de maquetes de diferentes quartos, produzidas pelos pequenos, além de uma campanha de doação de livros e brinquedos para uma instituição que cuida de crianças em situação de vulnerabilidade social”, revela a professora Rosangela Hanssen.

O número de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil chegou a 160 milhões em todo o mundo, um aumento de 8,4 milhões de meninas e meninos nos últimos quatro anos, de 2016 a 2020. Além deles, outros 8,9 milhões correm o risco de ingressar nessa situação até 2022 devido aos impactos da Covid-19, de acordo com um relatório publicado recentemente pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Sobre os Colégios Maristas

Os Colégios Maristas estão presentes no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos integrados por formação, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em transformação constante. Saiba mais em  www.colegiosmaristas.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *