Dia das Mães: Acias disponibiliza canais para divulgação de lojas com serviço de entrega

Ação contribui com as medidas de isolamento, essenciais para a flexibilização das regras da quarentena na cidade

Para amenizar o impacto da queda das vendas e ajudar o consumidor a comprar o presente para o Dia das Mães sem precisar sair de casa, a Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré) está disponibilizando seus canais de comunicação para divulgar as lojas da cidade que oferecem serviço de entrega. Nas redes sociais da associação, o comerciante tem um espaço exclusivo para divulgar o seu negócio.

O Dia das Mães é considerada a segunda melhor data para o comércio, mas por conta da quarentena, em vigor no estado de São Paulo desde o dia 24 de março, boa parte dos estabelecimentos está com as portas fechadas. A estimativa da FecomercioSP é de uma queda de 31% nas vendas, este ano.

O serviço de entrega está sendo a opção encontrada para muitos comerciantes, principalmente os que não são considerados serviços essenciais e não podem abrir. Com o objetivo de ajudar os lojistas a divulgarem seus produtos, a Acias disponibilizou suas páginas nas redes sociais. Os interessados só precisam entrar nas páginas (Facebook:@AciasSumare e Instagram: @aciassumare) e marcar o seu negócio.

A iniciativa também facilita a vida dos consumidores que procuram o presente para o Dia das Mães. “O jeito de comprar o presente do Dia das Mães está um pouco diferente neste ano, mas nos nossos canais, o consumidor encontrará várias indicações de lojas que estão com delivery para poder comprar sem precisar sair de casa”, afirma Juarez Pereira da Silva, presidente da Acias.

Quarentena

O presidente da Acias observa também que ao reforçar as compras online ou através de delivery, esta ação ajuda a ampliar o índice de isolamento na cidade. Se não atingir pelo menos 50% de isolamento social, Sumaré corre o risco de ficar de fora da lista de municípios que poderão flexibilizar as regras da quarentena, conforme anunciado pelo governo estadual.

E para ampliar este índice no município, a Acias iniciou uma campanha com o intuito de incentivar a adesão ao isolamento. A campanha “#sumareemcasa”, veiculadas nas redes sociais da entidade, alerta sobre o risco de Sumaré ficar de fora da flexibilização, caso a cidade não atinja o índice mínimo de 50% de isolamento.

Outra medida adotada pela Acias para viabilizar a reabertura do comércio foi tomada na semana passada. No último dia 28, a entidade protocolou na Prefeitura de Sumaré uma proposta que solicita oficialmente a abertura gradual do comércio. A sugestão é que a retomada das atividades ocorra em três fases, sempre respeitando todas as recomendações de segurança. O documento elaborado pela Acias contém 42 páginas e lista uma série de recomendações para a volta gradual das atividades comerciais, como flexibilização da jornada de trabalho para evitar aglomeração no transporte público e higienização em todos os ambientes de contato a cada três horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *