Inversão de Valores

Ao longo dos meus 66 anos de vida sempre ouvi dizer que o Brasil é o país do futuro. Ai me pergunto e pergunto à todos que estão lendo este meu desabafo; “como pode o Brasil ser o país do futuro, se quem deveria cumprir à risca as leis não as cumpre?”
Estamos vivenciando uma época em que os valores estão completamente invertidos. O poder político e econômico fecham os olhos para a verdade e é capaz de comprar até o incomparável.
E isso não está acontecendo só no Brasil. Acontece também na maioria dos países.
No ponto de vista do “poder político”, roubar, enganar, lograr, ludibriar, abusar do poder, tudo é permitido no Brasil.
Valores morais é conjunto de regras, leis e costumes que devemos respeitar e segui-las. Inversão de valores é quando não seguimos essas regras, infligimos a lei, fazendo o contrário do que deveríamos ter feito.
A sociedade, como um todo, vive uma grande inversão de valores, uma grande transformação onde não sabemos mais o que é certo ou errado, positivo ou negativo, moral ou imoral.
As pessoas perderam a noção e não mais reconhecem seus princípios, crenças e valores dentro de si. A impressão que tenho ou que temos, é de que o mundo encontra-se de pernas para cima, uma bipolaridade jamais vista até então.
Nos dias de hoje nada mais é surpresa, pois, com a quebra de paradigmas e falta de discernir o que é certo do errado, faz com que tudo possa parecer normal.
Normal é ver políticos inescrupulosos roubar o suado dinheiro do povo, mentir e agir com desonestidade, etc. Normal é presenciar diariamente a turma do STF libertar quem jamais deveria sair da cadeia. Normal é saber que esta mesma turma do STF come caviar, consome bebidas importadas, possui seguranças, plano de saúde vitalício, vivem do bom e do melhor com o dinheiro do povo, enquanto que a maioria da população mal tem o que comer. Normal é ver o povo morrendo nas filas de hospitais, enquanto que os nossos “nobres” políticos, ministros do STF e sua família têm vagas garantidas no Albert Einstein, etc. Normal é a política corrupta que vivemos. Normal é a falta de credibilidade e amor ao próximo. Normal são as mentiras, as desonestidades, etc.
Nada mais me assusta, pois tudo no Brasil está de cabeça para baixo.
Não se fala mais em valorização e a falta de comunicação clara e objetiva não mais existe. Diante disso, percebemos que é necessária uma mudança “URGENTE”, um resgate ao passado dos valores e crença para que possamos dar um futuro melhor aos nossos filhos e netos.
Ainda há tempo para resgatar estes valores, mas para que isso aconteça, vai depender única e exclusivamente de cada um de nós.
Somos todos culpados por esta crise de inversão de valores, pois, estamos permitindo e contribuindo para que tudo isso aconteça.
Precisamos ser o exemplo e este exemplo tem que vir na hora de escolhermos nossos vereadores, prefeitos, deputados e senadores. Pois, é com ação positiva e consciente de cada um de nós na hora de votar, que teremos a certeza de um Brasil mais justo e honesto.


Rui Tomás Barbosa
Jornalista – MTB 34.625

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *