Silêncio de Sonia Guggisberg

Em cooperação com o Festival Paraty em Foco, os Consulados-gerais da Suíça no Rio de Janeiro e em São Paulo apresentam a exposição da artista suíço-brasileira que permanece até o dia 17 de novembro na Casa da Cultura de Paraty.

No ano em que se comemora os 200 anos da imigração suíça no Brasil, os Consulados gerais da Suíça em São Paulo e no Rio de Janeiro unem-se ao 15º Festival Paraty em Foco, que aconteceu de 18 a 23 de setembro. Este  ano o tema foi ¨Migrações¨.

Silêncio, da artista suíço-brasileira Sonia Guggisberg, ficou abrigada em todo o segundo andar da Casa da Cultura de Paraty e permanecerá até o dia 17 de novembro para visitações gratuitas.

Exposição ”Silêncio” de Sonia Guggisberg. Paraty 2019

A exposição ”Silêncio” apresenta fotografias em diferentes suportes, vídeos e registros sonoros captados durantes suas viagens na Grécia, Malta e Lampedusa, ilha da Itália mais próxima do continente Africano, todas portas de entrada para a Europa.

O projeto expositivo é motivado pela experimentação artística documental e busca linguagens que interroguem a presença do silêncio intelectual a respeito do gigante deslocamento humano e refúgio contemporâneo.

Exposição Silêncio de Sônia Guggisberg. – Foto: Nereu Jr.

Silêncio

Ao lidar com um certo modo de interceder na vida,  Sonia Guggisberg passou a pensar seus processos de criação instaurando em suas obras procedimentos cada vez mais políticos. O que passa a dar sentido a essas experiências é o processo de testemunhar vidas anônimas, mergulhar nos seus movimentos, dissolver as alteridades e explicitar um certo modo de percebê-las a partir de imagens e sonoridades.

Guggisberg busca traduzir e interrogar a presença do silêncio em diferentes instancias. O silêncio sobre a invisibilidade de milhões de pessoas, o silencio das imagens que gritam pela urgência da realidade e de suas consequências ainda sem solução, o silencio que reflete o esvaziamento de vidas, de seus passados e futuros. Trata-se de um silencio que transforma a realidade em lacuna e apresenta seu testemunho em um discurso audiovisual e sonoro.

Christine Greiner

Exposição ”Silêncio”, de Sonia Guggisberg.

Fonte: Flavia Fusco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *