Em evento do ‘Outubro Rosa’, prefeito Leitinho anuncia fila da mamografia ‘zerada’ em Nova Odessa

Mutirão de exames da Prefeitura já agendou 2.277 mamografias, além de 1.385 ultrassons de mama 2.417 transvaginais

Por Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Odessa/SP

Ao discursar durante a abertura da programação da Caminhada Outubro Rosa 2021, no último sábado (23/10), o prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, deu uma grande notícia para a população de Nova Odessa: a fila para os exames de mamografia, um dos mais importantes para a detecção precoce do câncer de mama, foi oficialmente “zerada” na Rede Municipal de Saúde graças ao mutirão de exames iniciado pela Prefeitura em meados deste ano.

Segundo os dados apresentados na última sexta-feira (22/10) pela equipe da Central de Regulação da Rede Municipal de Saúde ao prefeito, até aquele dia, haviam sido agendadas e realizadas, neste ano, 2.277 mamografias – efetivamente “zerando” a “fila” de pedidos retidos por este exame no SUS (Sistema Único de Saúde) da cidade.

Além disso, já foram agendados e realizados 1.385 ultrassons de mama (restando apenas 350 a serem agendados), e 2.417 ultrassons transvaginais (restam apenas 38 a serem feitos). Os três exames são utilizados no diagnóstico dos cânceres de mama e de colo de útero, temas da campanha de conscientização do “Outubro Rosa”.

“É uma informação muito importante para todas as mulheres de Nova Odessa que dependem do SUS para cuidarem da sua saúde, não só neste mês de outubro, mas no ano todo. ‘Zeramos’ a fila por mamografias, por isso não precisamos pedir a carreta de mamografias ao Governo do Estado neste ano. E muito em breve vamos zerar também os pedidos por ultrassons de mama e transvaginais. Estamos fazendo de tudo para garantir a saúde da nossa população e salvar vidas, porque sabemos que, quando detectado no início, o câncer de mama tem 95% de chances de ser curado”, discursou o prefeito Leitinho aos presentes na Caminhada de sábado.

No geral, contando todos os exames solicitados por médicos da Rede Municipal de Saúde e retidos na fila no começo deste ano, os números são ainda mais expressivos. Segundo a coordenadora do Ambulatório de Especialidades e da Central de Regulação da Rede Municipal de Saúde, Jaqueline Serrano, até a última semana de setembro, a Prefeitura já havia agendado 15,9 mil exames de imagem, incluindo os novos pedidos de 2021 e os antigos atendidos via “mutirão”.

No caso dos “atrasados”, já haviam sido agendados, até aquele momento, 6.313 de um total de 7.789 pedidos “parados” aguardando atendimento na Rede Municipal de Saúde em janeiro deste ano (ou mais de 81% da demanda reprimida, que continua sendo gradualmente atendida). Também já foram “zeradas” as filas de raios-x (com a realização de 1.568 exames do tipo), tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas, exames cardiológicos, eletroencefalograma e densitometria óssea e mamografias.

O prefeito lembrou ainda aos presentes que, desde julho, existe um novo programa dentro da Rede Municipal de Saúde para este público. Trata-se do Projeto “Linha de Cuidado da Mulher com Câncer de Mama”, ou simplesmente “Linha Rosa”.

A iniciativa traz a “aceleração” do fluxo de atendimento das pacientes com suspeita ou diagnóstico de câncer de mama, garantindo que elas sejam atendidas mais rapidamente por médico oncologista e, se for o caso, encaminhadas em menor tempo para tratamento em um centro especializado, aumentando assim as chances de cura.

CADASTRO EM DIA!

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa prossegue com o “mutirão” de exames atrasados e também com os agendamentos de novos pedidos de exames, feitos constantemente pelos médicos da Rede Municipal.

Mas, para garantir o atendimento, o usuário da Saúde Pública da cidade deve manter seu cadastro em dia, principalmente os telefones fixo e celular, utilizados pela equipe para informar o agendamento do exame e, se necessário, o agendamento também do transporte até o laboratório, clínica ou hospital de referência responsável por sua realização.

O paciente que aguarda um exame e mudou de telefone deve procurar imediatamente a UBS (Unidade Básica de Saúde) onde é “referenciado” ou o Setor de Cadastro da Secretaria – a central do Cartão Mais Saúde, no antigo CTVP, atrás do Hospital e Maternidade Municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.