Ex-porteiro e ex-segurança Pablo Braunna destaca-se como tenor do Reder Circus

O carioca de 31 anos nunca estudou música, mas seu talento permitiu que fosse escolhido como um dos principais artistas do espetáculo Abracadabra. O circo está instalado no estacionamento do Parque D. Pedro Shopping, em Campinas, com sessões de quinta a domingo. Ingressos nas bilheterias do circo ou no site www.sympla.com.br/redercircus

Quem via Pablo Braunna trabalhando como porteiro ou segurança no BRT do Rio de Janeiro até há pouco mais de um ano não imaginava que, por trás de seus 1,80 metro de altura, havia uma voz extremamente forte e afinadíssima. Aos 31 anos, o carioca destaca-se como cantor no Reder Circus, em turnê em Campinas. Mas a sua carreira musical não deslanchou de uma hora para outra.

Pablo nunca estudou música, mas ela está presente em sua vida desde os 18 anos, quando começou a cantar no coro da Igreja Assembleia de Deus do bairro de Campo Grande, na capital fluminense. O gosto pela arte vem de família: o pai toca violão, a mãe canta, o primo é integrante de um grupo musical e a irmã, Camila, é cantora e atriz de teatro – única a usar a arte como profissão, até então. Ela participou dos musicais “60! Década de Arromba” e “70! Década do Divino Maravilhoso”, ambos dirigidos pelo renomado Frederico Reder, proprietário do circo.

A mudança de profissão e de vida aconteceu há pouco mais de um ano. Ao saber da audição para o espetáculo em homenagem à década de 1970, Vanessa, esposa de Pablo, enviou para a seleção alguns vídeos do marido cantando ao lado do pai. Selecionado, ele foi surpreendido quando o diretor Frederico Reder propôs que fizesse um dueto com a irmã Camila, que também participava do processo seletivo. Escolheram “Primavera”, de Tim Maia, surpreendendo ainda mais o diretor, que decidiu usar a voz do tenor não para o musical, mas como o cantor principal do espetáculo circense que estava criando.

Os números musicais são o diferencial do Reder Circus, que tem em seu corpo de artistas uma orquestra com dez integrantes. O espetáculo Abracadabra está sendo apresentado no estacionamento do Parque D. Pedro Shopping. As sessões acontecem de quinta a domingo (quintas e sextas às 20h e sábados, domingos e feriados às 16h, 18h e 20h). Os ingressos custam a partir de R$ 30,00 (referentes à meia-entrada do Setor Bronze) e podem ser adquiridos nas bilheterias do circo ou no site www.sympla.com.br/redercircus. Informações: (19) 99605-0576 (telefone ou WhatsApp).

Mudança de vida

Pablo Braunna deixou o emprego de segurança do BRT no Rio de Janeiro para seguir o sonho artístico e há um ano e meio acompanha o Reder Circus em turnê pelo Brasil. Seu sonho sempre foi seguir carreira solo ou montar uma banda, mas não imaginou que o realizaria em um circo. Sua estreia foi em um espetáculo de quase três horas de duração, em Nova Iguaçu, onde vivia, o que lhe deu segurança para enfrentar a plateia.

Como sempre gostou de música gospel – nacional ou internacional -, o repertório repleto de canções infantis e sucessos da atualidade escolhido para o espetáculo do circo foi um desafio. O tenor precisou de cinco meses para aprender todos os ritmos e letras e para apresentar-se com uma orquestra. “Existe uma grande diferença entre cantar para um grande público e cantar na igreja, só com um violão. Lá, é de você para Deus, apenas, e Ele sempre entende e gosta do que você está cantando. Apresentar-se para um público tão heterogêneo é bem complicado”, comenta. “Eu sempre acreditei que, em algum momento, conseguiria viver da música. Acredito que foi um presente de Deus – que esse destino já estava reservado para mim”, diz.

Mas Pablo superou logo a insegurança. No circo, já cantou com as ex-participantes do The Voice Brasil Thalita Pertuzatti e Ludmillah Anjos, até que a irmã Camila concluísse os trabalhos assumidos e viesse unir-se a ele na temporada de Campinas. A dupla arrasa, por exemplo, quando interpreta “Ciclo Sem Fim”, trilha do filme “O Rei Leão”. Os irmãos Braunna, como são apresentados, roubam a cena ao cantar o tema vestindo roupas típicas africanas para apresentar os “Animágicos” – animais em tamanho natural, mas feitos de tecido e espuma, que parecem reais.

Nova rotina

A vida de Pablo Braunna mudou completamente. Hoje, ele mora em hotéis nas cidades onde o circo se apresenta. A esposa Vanessa e a filha Louise, de quatro anos, continuam no Rio de Janeiro, mas a família se reúne sempre que possível em seus dias de folga. Como os shows do Reder Circus acontecem de quinta-feira a domingo, Pablo aproveita o início da semana para ir para casa. Uma rotina bem diversa da jornada de 12 horas de trabalho por 36 horas de descanso – exigida dos seguranças.

Serviço:
Reder Circus – Abracadabra
Local: Parque D. Pedro Shopping – Campinas (Av. Guilherme Campos, 500 – Jardim Santa Genebra)
Horários: de quinta a domingo (quintas e sextas às 20h; sábados, domingos e feriados às 16h, 18h e 20h).
Ingressos: a partir de R$ 30,00 referentes à meia-entrada* do Setor Bronze.
Setores:
Diamante (Camarote Palco) – R$ 250,00
Ouro (Cadeira VIP Central) – R$ 100,00
Prata (Cadeira VIP Lateral) – R$ 80,00
Bronze (Cadeira Lateral) – R$ 60,00
*Meia-entrada: Válida para crianças menores de 12 anos, estudantes, idosos acima de 60 anos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos de baixa renda. Necessária apresentação da identificação na entrada.
Vendas: nas bilheterias e no site www.sympla.com.br/redercircus
Informações: (19) 99605-0576 (telefone ou WhatsApp)

Ateliê da Notícia
Jornalista responsável: Vera Longuini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *