Jumper lança curso para capacitar jovens profissionais e empreendedores

Executivo Júnior busca desenvolver soft skills de forma prática

De acordo com dados do site de recrutamento CareerBuilder, 77% das empresas apontam que as soft skills são tão importantes quanto os conhecimentos técnicos no ambiente de trabalho. Soft skills se referem a habilidades interpessoais relacionadas à maneira como uma pessoa lida com o outro e com suas próprias emoções. Atenta a esta realidade do mercado, a Jumper Profissões e Idiomas, rede de escolas com cursos profissionalizantes, lançou a temática de Executivo Júnior.

Voltado para jovens e adultos, o curso prepara empreendedores para as demandas e responsabilidades empresariais, além de capacitar profissionais para assumirem posições de destaque em grandes empresas. As aulas têm foco em desenvolver soft skills de forma prática, com certificado de proficiência inglesa internacionalmente reconhecido (TOEIC) na grade curricular. “O Executivo Júnior significa tudo que buscamos para os cursos novos da Jumper: modernidade, aprendizagem prática, multidisciplinaridade e soft skills”, destaca o fundador da rede, Everton Sabú.

Reforçando a importância do desenvolvimento de soft skills dos profissionais no mercado de trabalho, uma pesquisa realizada pela The School Of Life (TSOL), escola de habilidades comportamentais, junto com a consultoria de recrutamento e seleção Robert Half, avaliou a inteligência emocional e a saúde mental dos profissionais durante a pandemia. O estudo destacou quais soft skills os gestores e funcionários gostariam de desenvolver. Os líderes apontaram em primeiro lugar o espírito empreendedor, com 27,36%, já os funcionários destacaram a confiança, com 33,33%. Em ambos os grupos, a segunda habilidade mais desejada pelos profissionais foi a calma. A pesquisa ainda revela que, na pandemia, o descontrole emocional acabou atingindo tanto líderes como liderados, já que mais de 50% dos profissionais de cada grupo, por estarem abalados emocionalmente, em algum momento, deixaram de produzir ou se engajar no trabalho.

Em sintonia com este cenário pós-pandemia, o curso de Executivo Júnior busca desenvolver as competências mais visadas pelo mercado, muito além de contemplar aquelas relacionadas a rotinas administrativas. “Neste curso, o aluno aprenderá as habilidades mais procuradas no mercado de trabalho, que não se restringem ao conhecimento técnico. O curso também orienta o jovem nas escolhas que ele fará para o seu futuro”, complementa Sabú.

Sobre a Jumper Profissões e Idiomas: com 76 escolas em operação no Brasil, a rede de capacitação profissional já formou mais de 1 milhão de alunos em 18 anos de atuação. A Jumper oferece cursos em diversas áreas como: indústria, beleza, mecânica e saúde. Com um método de ensino moderno, a rede busca o aprendizado real do aluno, combinando teoria e prática através de exemplos aplicados em sala de aula para formar profissionais capacitados para o dia a dia do mercado de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.