SindusCon-SP Regional Campinas: Comitê de Habitação Popular (CHP), Secretaria do Verde de Campinas foca na tecnologia e drones em vistorias

O Secretário do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Campinas, Rogério Menezes, apresentou em webinar do Comitê de Habitação Popular (CHP) do SindusCon-SP da Região Metropolitana de Campinas realizada no dia 7 de julho, em parceria com o Secovi Campinas, balanço do andamento das licenças ambientais do município e a utilização de novas tecnologias, como o uso de drones em vistorias. Menezes afirmou que somente no primeiro semestre de 2021, foram emitidos 878 documentos de licenciamentos.

Menezes afirmou que a Secretaria do Verde conta com 16 técnicos, responsáveis pelo licenciamento ambiental e já tem profissionais em treinamento para o uso de drones em vistorias para essa finalidade no município. Segundo os dados apresentados na reunião on-line, o sistema de licenciamento ambiental está funcionando de maneira mais ágil. Durante a pandemia, conforme Menezes, um terço dos profissionais da Secretaria estão em home-office e a produtividade do setor de licenciamento, graças a tecnologia aumentou. “Atualmente realizamos 32% a mais na emissão de documentos ambientais, mesmo com essa situação de pandemia, comparando-se com períodos anteriores”, explicou o Secretário.

O vice-presidente do SindusCon-SP, Francisco Antunes de Vasconcellos Neto, disse que “é muito bom ver como esse projeto de licenciamento em Campinas está funcionando com o auxílio da tecnologia”. O vice-presidente enfatizou que o SindusCon-SP acredita que a questão tecnológica vai ajudar muito a resolver problemas e vencer os desafios na questão ambiental.

O diretor da Regional Campinas do SindusCon-SP, Márcio Benvenutti, afirmou que a dinâmica e agilização do licenciamento ambiental, implantada pela Secretaria do Verde no município, “pode servir de exemplo, inclusive para outras cidades da região”.

O diretor de novas tecnologias da regional do Secovi em Campinas, Marcelo Coluccini, enfatizou que “a cidade hoje tem grande quantidade de metros quadrados aprovados com o Licenciamento Ambiental On-line, o LAO, nesse período difícil de pandemia, e com o uso de drones nas vistorias, Campinas mostra que isso tem tudo a ver com o DNA dela”.

Participaram também da apresentação, pela Secretaria do Verde, a diretora Andrea Struchel e Leandro Melo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *