Social e Comunicação da PMNO criam site com informações de enfrentamento à violência contra a mulher

Publicação de serviços de proteção à mulher consta em Lei Municipal proposta pela vereadora Marcia Rebeschini

Por Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Odessa/SP

Já está no ar o hotsite (site exclusivo) reformulado da Campanha “Não Fique Sozinha – Violência Contra a Mulher é Crime”, promovida pela Diretoria de Promoção Social da Prefeitura de Nova Odessa. A plataforma, desenvolvida em parceria com a Diretoria de Comunicação, surgiu pela primeira vez durante a Campanha “Agosto Lilás” de 2021.

No entanto, ela foi totalmente atualizada agora para atender também aos requisitos da nova Lei Municipal nº 3.482/2021, da vereadora Marcia Rebeschini, que estabelece a publicação da relação de serviços de proteção à mulher vítima de violências no site da Prefeitura. O hotsite está disponível em http://www.novaodessa.sp.gov.br/naofiquesozinha/.

“Todos os dias, buscamos melhorar os serviços prestados às mulheres, agora com mais essa ferramenta. O serviço também tem a atribuição de orientar mulheres em situação de violência, direcionando-as para os serviços especializados da rede de atendimento. No ligue 180, ainda é possível se informar sobre os direitos da mulher, a legislação vigente sobre o tema e a rede de atendimento e acolhimento de mulheres em situação de vulnerabilidade”, explicou a vereadora Marcia.

O site traz diversas informações, em diversos formatos – incluindo a íntegra dos vídeos das palestras online realizadas em agosto do ano passado pela Prefeitura com especialistas no tema.

A primeira delas conta com a coordenadora do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) do município, Solange Paulon, a advogada especialista na Lei Maria da Penha, Dra Cema Leal Veloso, e o chefe municipal de Segurança, coronel Carlos Fanti, falando sobre o tema “Legislação e atendimento realizado na delegacia”.

A segunda aborda o “Atendimento continuado para as mulheres vítimas de violência – CREAS”, com a coordenadora do CREAS Solange Paulon, a psicóloga Patrícia Mota e a assistente social Sandra Mara.

Além destes vídeos, a Campanha “Não Fique Sozinha – Violência contra a mulher é crime” o portal disponibiliza leis, “podcasts” (programas em áudio), canais de denúncia e várias outras informações para incentivar a formalização dos casos de agressão contra a mulher e divulgar as formas de acolhimento.

O site traz, por exemplo, a conceitualização dos diversos tipos de violências contra a mulher: física, psicológica, sexual, patrimonial, moral e virtual, com listas dos tipos de comportamentos que podem ser enquadrados em cada tipo.

Há ainda disponível para download uma cartilha em formato pdf (que pode ser impressa) com as mesmas informações, uma área para as dúvidas mais frequentas das mulheres sobre o tema (apontadas pelas especialistas consultadas) e todos os canais de denúncia disponíveis, bem como informações sobre onde procurar ajuda.

A iniciativa, que tem o apoio da Prefeitura de Nova Odessa, foi idealizada para marcar no município a Campanha Nacional “Agosto Lilás”, criada em alusão a Lei Maria da Penha – sancionada em 07 de agosto de 2006 –, em resposta à necessidade de inibir os casos de violência doméstica no Brasil.

A Prefeitura apoia também o Projeto Ísis, voltado ao combate à violência doméstica praticada contra mulheres de Nova Odessa, idealizado pelas advogadas Iracema Leal Veloso Gómez, especialista na área e que há muitos anos milita na proteção das mulheres vítimas de violência doméstica, e Nanda Volpe, com o apoio de outras advogadas da 236ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.