Cooperativa Veiling realiza “Encontros Florais” para receber decoradores no 29º Enflor

No retorno do evento, após dois anos de interrupção devido a pandemia, sete floristas apresentarão as tendências do mercado para festas, arranjos, buquês e vitrines. O setor foi o que mais sofreu no período devido ao cancelamento dos eventos e festas, responsáveis por cerca de 30% do mercado de flores e plantas ornamentais no Brasil. Os produtores aproveitarão para apresentar algumas novidades, como a “Pata de Canguru”, a Protea, naturalmente desidratada e Antúrio Plowmanii, com folhas enormes e onduladas, entre outras.

Com lançamentos de flores e plantas ornamentais e a realização de “Encontros Florais” para atualizar os decoradores e floristas de todo o país sobre as tendências do mercado de arte floral, a Cooperativa Veiling Holambra estará presente no 29° Enflor – Encontro Nacional de Floristas – e 17º. Garden Fair, evento simultâneos que acontecem entre os dias 17 e 19 de julho (de domingo a terça-feira), no Parque da Expoflora, em Holambra, interior de São Paulo.

Com a retomada dos eventos em 2022, a Cooperativa Veiling Holambra aproveita o retorno presencial do Enflor para atualizar os profissionais do segmento com palestras sobre as tendências do mercado, por meio de palestras com foco em temas variados que passam pelos setores de festas, arranjos, buquês de noivas e vitrines, além de assinaturas florais. A Cooperativa também aproveita para apresentar flores e plantas que estão sendo lançadas por seus cooperados e que deverão encantar os artistas florais, profissionais ligados ao setor e demais visitantes, como, a australiana Anigozanthos ou “Pata de Canguru”, a Protea, naturalmente desidratada e Antúrio Plowmanii, com suas enormes folhas onduladas.A proposta do estande para esta edição evidência o conceito do Plante Ar Puro – projeto desenvolvido pela Cooperativa para a divulgação de plantas que contribuem efetivamente com a purificação do ar -, e o Colours – uma linha de flores e plantas tinturadas, que garantem cores mais intensas e tornam os produtos mais chamativos.

Sobre os “Encontros Florais”

Os “Encontros Florais” serão realizados presencialmente no estande da Cooperativa Veiling Holambra no Enflor, e, também transmitidos ao vivo pelo instagram @veilingholambra. O primeiro será no domingo (17), às 10h, com a artista floral Stans Scheltinga, sobre “Arranjos decorativos”. No período da tarde, às 13h, é a vez de Jab Pasollini que abordorá as “Vitrines de floriculturas”, seguido por Amora Chantily, às 16 horas, com o tema “Festa infantil”.

Na segunda-feira (dia 18), o primeiro encontro, às 10 horas, será com o florista Raphael Soares, que falará sobre “Flores e festas”. Às 13h, terá a palestra Terrário e Minijardim com André Arozio e Flávio H Sant’Ana, da Amora Mini Jardins e, às 16h, Karina Saab finaliza as apresentações do dia com o tema “Buquê de noivas”. No encerramento, terça-feira (dia 19), às 10 horas, Tanus Saab discorrerá sobre “Assinatura floral”, e, às 13 horas, o encontro é com Samuel Gonçalves, sobre “Conversando com plantas”.

Sobre os lançamentos

A “Anigozanthos”, popularmente conhecida como “Pata de Canguru”, é originária da Austrália. Exótica e exclusiva, chega ao mercado brasileiro pelo Panorama Flores, de Holambra por meio do breeder (melhorista) Ramm Botanicals. Suas flores parecem com as patinhas do canguru e possuem uma penugem, dando um aspecto aveludado à planta, e uma divisão irregular, com seis pequenas garras, originando o apelido. Além do aspecto singular, o colorido de suas flores atrai abelhas, borboletas e pássaros. Em países como Japão, Israel e Estados Unidos a “Anigozanthos” é tradicionalmente cultivada como flor de corte. No Brasil, ela está sendo apresentada como flor envasada, dos potes 15 e 19 como opção original para decoração de ambientes internos bem iluminados, como sacadas e varandas, ou como plantas de jardim.

As embalagens são ilustradas por artistas brasileiros. Inicialmente, estão sendo cultivadas seis variedades, que florescem da primavera até o início do inverno: Pearl (pink), Surprise (laranja), Inferno (vermelha), Tenacity (amarela com haste vermelha) e Zest (amarelo ouro). De fácil manutenção e muito adaptável a diversidade de climas, suporta as altas temperaturas, mas resiste muito bem ao frio das regiões Sul e Sudoeste do Brasil.

Protea naturalmente desidratada

Outra novidade apresentada pela Cooperativa Veiling é a Protea naturalmente desidratada, lançada pela Flora Africana. Mantendo a sua estrutura e beleza, ela pode ser utilizada tanto individualmente, em vasos solitários, quanto em composições com outras flores desidratadas. A proposta do produtor é resgatar essas flores em uma aposta em decorações rústicas e monocromáticas, que utilizem materiais naturais, com a finalidade de criar uma atmosfera perfeita assegurar um estilo único ao ambiente.

Nativas da África do Sul, as Proteas são plantas utilizadas desde os primórdios da humanidade. Suas flores são grandes e exuberantes, com porte e beleza singulares. O Deus grego Proteus, que tinha o poder da metamorfose, foi o inspirador para o seu nome, representando a transformação, a coragem e a esperança. Por isso, muitos acreditam que ter um exemplar em casa traz muita prosperidade. ara que a Protea desidratada fique sempre bonita, é preciso mantê-la em lugares com pouca luminosidade, pois a forte exposição à luz pode deixá-la muito ressecada. Além disso, as plantas secas não podem ser molhadas em nenhuma hipótese.

Antúrio Plowmanii Croat

Essa nova variedade de antúrio (Anthurium Plowmanii Croat) é um lançamento da Magna Flora. Trata-se de uma planta nativa da flora brasileira com folhas enormes, coriáceas (aspecto de couro), verde-escuras, com denso padrão de nervuras e folhas onduladas. Ao contrário dos antúrios mais conhecidos, com inflorescências coloridas, este possui flores discretas, deixando a exuberância para as folhagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.