Fotografias contextualizam o país no Festival Everyday Brasil

Crédito: Gabriela Biló

Temas atuais documentados por fotógrafos são o mote do festival que começa no dia 25 de março e vai até dia 24 de abril, online e gratuito

Participam dos debates: Tiago Queiroz, Ana Carolina Fernandes, Gabriela Biló, Renan Benedito, Antonello Veneri, Ana Mendes, Raphael Alves, Amanda Perobelli, Ueslei Marcelino, Isis Medeiros, Christian Braga, Lalo de Almeida, Helen Salomão, Isa Lanave e Tuane Fernandes

Um Brasil revelado por imagens, sem estereótipos. Essa é a proposta central do Festival Everyday Brasil, que reunirá trabalhos fotográficos sobre o contexto atual em encontros online, discutindo temas como: fotojornalismo, fotografia documental, os registros da pandemia, sociedade e o meio ambiente e a presença das mulheres fotógrafas. De 25 de março a 24 de abril, serão cinco mesas de debates, apresentadas e discutidas por um mediador e três convidados, e um encerramento celebrativo com projeção de fotos e show de banda exclusivamente formada por mulheres.

“Um encontro necessário para propor reflexões sobre pautas importantes que têm sido foco da produção de alguns dos principais fotógrafos e fotógrafas em atividade no país. O festival é, também, uma oportunidade para, em meio à diversidade de temas e abordagens, se analisar o impacto que as narrativas visuais podem produzir na sociedade, de modo a instigar reflexões sobre nosso tempo”, diz Ivana Debértolis, fundadora e editora do projeto Everyday Brasil.

O Everyday Brasil faz parte do Everyday Projects, uma organização global que nasceu na África, em 2012, e utiliza a fotografia como ferramenta para desafiar estereótipos que deturpam a compreensão sobre o mundo. Além da plataforma principal do projeto, a fotografia dos integrantes do Everyday Projects é apresentada regularmente nas principais publicações do mundo e em exposições em galerias e festivais internacionais e conta com o apoio de diversas organizações como a World Press Photo, Pulitzer Center, PhotoWings, National Geographic Society, Magnum Foundation, Women Photograph, CatchLight, Indigenous Photograph, Diversify Photo, entre outras.

Com ações desde 2014 no Brasil, mais de 37 mil seguidores em sua página no Instagram, e um time regular de fotógrafos e fotógrafas colaboradores em todas as regiões, será a primeira vez que as idealizadoras realizam um festival. “Será uma oportunidade de nos colocarmos em um lugar sensível, através do olhar dos fotógrafos e fotógrafas, evidenciando diferentes realidades brasileiras e amplificando nossa compreensão sobre a complexidade em que estamos imersos”, afirma Livia Bitetti, produtora executiva e idealizadora do festival ao lado de Ivana.

Para o encerramento, será criada uma estrutura em uma casa noturna na Rua Augusta com transmissão de show em tempo real. A banda, formada exclusivamente para o festival, terá cinco mulheres e o repertório contará com músicas brasileiras que falam do país em suas letras e ritmos. A projeção de fotos irá acompanhar a banda durante a live, criando um ambiente em que músicas e imagens se completem. As fotos selecionadas serão de colaboradores regulares do Everyday Brasil, passando por todas as regiões do país.

O Festival foi contemplado pelo ProAC Expresso LAB (Lei Aldir Blanc) pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo e todas as atividades serão gratuitas e transmitidas online, com duração de uma hora e uma hora e meia, sempre às 19h, nos dias 25 de março, 1º, 8, 15, 22 e 24 de abril.

Festival Everyday Brasil

Dias 25 de março; 1, 8, 15, 22 e 24 de abril

Programação:

Dia 25 de março: Fotojornalismo no Brasil atual

Com Tiago Queiroz, Ana Carolina Fernandes e Gabriela Biló. Mediação: Simonetta Persichetti

Fotojornalistas em atividade no país debaterão sobre o papel do fotojornalismo no atual contexto do país e apresentarão suas produções mais recentes.

Dia 1 de abril: Fotografia Documental

Com Renan Benedito, Antonello Veneri e Ana Mendes. Mediação: Paulo Marcos Lima

Os fotógrafos dessa conversa têm em comum trabalhos de documentação de longa duração, em que se aprofundam por um período considerável na vida de uma comunidade ou um grupo de pessoas específico, desenvolvendo uma maior proximidade com seus respectivos temas e criando narrativas que ampliem as perspectivas de quem entra em contato com o material produzido.

Dia 8 de abril: A pandemia documentada

Com Raphael Alves, Amanda Perobelli e Ueslei Marcelino. Mediação: Danilo Verpa

A cobertura fotográfica da pandemia no Brasil, especificamente em Manaus, São Paulo e Pará.

Dia 15 de abril: Sociedade e meio ambiente

Com Isis Medeiros, Christian Braga e Lalo de Almeida. Mediação: Fernando Costa Netto

A conversa irá abordar as questões ambientais a partir da documentação dos desastres de Mariana e Brumadinho e as queimadas e desmatamento na Amazônia e Pantanal.

Dia 22 de abril: Mulheres Fotógrafas

Com Helen Salomão, Isa Lanave e Tuane Fernandes. Mediação: Mônica Maia

A trajetória de três jovens fotógrafas com trabalhos de destaque.

Dia 24 de abril: Encerramento (Show + Projeção de fotos)

Banda formada para o festival com cinco mulheres e músicas brasileiras que transmitam, em suas letras e ritmos, o Brasil em sua abrangência. A projeção terá fotos de colaboradores regulares do Everyday Brasil que contemplem todas as regiões do país.

Equipe do Festival Everyday Brasil

Ivana Debértolis: Idealizadora e curadora

Livia Bitetti: Idealizadora e produtora executiva

Mônica Maia: Consultora geral

Mais informações:

https://www.everydaybrasil.org/
https://www.instagram.com/everydaybrasil/
https://www.everydayprojects.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *