Menina de 4 anos acha livro e faz carteirinha de leitora na Biblioteca Municipal de Hortolândia

A pequena Isadora, de 4 anos, foi uma das pessoas sortudas que encontrou um livro na 1ª edição deste ano do projeto “Achei Um Livro”

“Nossa, um livro!” Essa foi a reação da pequena Isadora, de 4 anos, durante o passeio com sua mãe, Luana do Carmo. Isadora foi uma das pessoas sortudas que encontrou uma obra literária na primeira edição deste ano do projeto “Achei Um Livro”, realizado pela Prefeitura de Hortolândia, neste mês. Organizado pela Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, o projeto espalhou 25 livros em locais públicos, como bancos e mesas de praças. O objetivo do projeto é aguçar a curiosidade das pessoas para estimular o gosto pela leitura e, a partir daí, formar novos leitores, incentivá-los a conhecer e a fazer o cadastro de usuário na biblioteca.

A menina achou o livro enquanto caminhava com a mãe em volta da lagoa do Observatório Ambiental Parque Escola (Antigo Creape), na região do Jardim Santa Clara do Lago. “Eu a levei para passear. Fomos junto com um amiguinho da minha filha e a mãe dele. Eu não conhecia o projeto. A mãe do amiguinho que nos falou que no dia estava acontecendo o projeto. No que ela falou, a Isadora gritou que tinha achado um livro!”, conta Luana.

Isadora encontrou um livro de ficção adulto. Já seu amiguinho achou um livro de literatura infantil. “Depois, a Isadora achou mais um livro. Mas ela deixou para que outra pessoa também tivesse a oportunidade de encontrar”, conta orgulhosa a mãe.

Animada com o achado literário da filha, Luana levou Isadora à Biblioteca Municipal para ambas fazerem suas carteirinhas de leitoras. “A Isadora ficou encantada com a Sala Infantil. Ela também se impressionou com a quantidade de livros que tem na biblioteca”, relata a mãe. “Eu ia à biblioteca quando ficava no antigo endereço. O espaço atual está com uma organização dos livros bem melhor”, elogia Luana.

Apesar da pouca idade, a mãe conta que Isadora já gosta de ler. “Ela sempre pede livros, principalmente aqueles com fábulas infantis clássicas. Eu e meu marido lemos à noite antes de ela ir dormir”, conta Luana.

A mãe também elogia a iniciativa da biblioteca realizar o projeto. “Achei um jeito criativo de incentivar as pessoas a ler. Hoje em dia, todo mundo está no automático, só no celular. Por isso, é importante estimular a leitura nas pessoas”, destaca Luana.

ACHEI UM LIVRO

De acordo com a biblioteca municipal, a próxima edição do projeto será realizada em abril. O projeto “Achei Um Livro” foi criado em 2018. Desde então, de acordo com o coordenador da biblioteca Rafael Antonio da Silva, o projeto já espalhou em diferentes regiões da cidade cerca de 300 livros. O projeto é realizado a cada dois meses.

O projeto “Achei Um Livro” já é referência nacional a ponto de inspirar outros municípios brasileiros a copiar a iniciativa. O coordenador Rafael Antonio da Silva destaca que a biblioteca já foi citada em postagens em redes sociais feitas por uma cidade de Santa Catarina e uma do Paraná que também decidiram fazer projetos semelhantes aos de Hortolândia. Já no ano passado, o projeto “Achei Um Livro” foi reconhecido pela pesquisa “O Brasil que lê”, realizada em parceria pelo Instituto Itaú Cultural, Instituto Interdisciplinar de Leitura da PUC (Pontifícia Universidade Católica)-Rio de Janeiro, Cátedra UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) de Leitura PUC-Rio e a empresa JCastilho Consultoria. A pesquisa realizou a análise e o mapeamento de projetos de incentivo à leitura e formação de leitores desenvolvidos no país.

A Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte está localizada na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O espaço funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Vale lembrar que é obrigatório o uso de máscara dentro das dependências da biblioteca. O espaço ainda oferece álcool em gel para higienização.Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail [email protected]. O acervo da biblioteca pode ser consultado na internet por meio deste site (CLIQUE AQUI).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.