Prefeitura de Campinas, Sinduscon-SP, Regional Campinas, Requalificação da Avenida Campos Sales

O projeto de requalificação da Avenida Campos Sales, uma tradicional e importante via do centro de Campinas, foi lançado no dia 10 de dezembro, em cerimônia na Sala Azul, pelo prefeito Dário Saadi. Chamado de ‘Viva Campos Sales’, conforme divulgado pela Prefeitura de Campinas, a iniciativa terá investimento de cerca de R$ 12 milhões, sendo a maior parte oriunda de recursos de Termos de Ajustamento de Conduta (TAC). A previsão é que as obras tenham início no segundo semestre de 2022, com duração de 12 meses e incluem paisagismo, ampliação de calçadas, fiação subterrânea e novo pavimento.

Na cerimônia de apresentação do projeto Viva Campos Sales, o SindusCon-SP foi representado pelo diretor da Regional Campinas, Marcio Benvenutti, que ressaltou o apoio da entidade a esse projeto. “A requalificação da avenida Campos Sales é importante e estratégica para revitalização do centro de Campinas”, acrescentou.

A arquiteta e urbanista Maria Rita Amoroso, responsável pelo projeto arquitetônico da Viva Campos Sales e da Avenida Francisco Glicério e que também representa o SindusCon-SP Regional Campinas no Condepacc, esteve nesse lançamento. Mencionou que a requalificação preserva a história para o cidadão e é importante como um projeto de inclusão.

O projeto Viva Campos Sales é conduzido pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), em parceria com outras secretarias municipais e prevê uma série de mudanças na via. A requalificação da Campos Sales é uma continuação da revitalização da Avenida Francisco Glicério, realizada entre 2015 e 2016.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, ressaltou que é uma iniciativa muito importante e seguindo o exemplo da Glicério, vai avançar na revitalização do centro. “Uma cidade como Campinas tem que enfrentar desafios grandes como estes, mesmo sabendo das dificuldades. Uma intervenção desse tamanho vai gerar algum transtorno, mas o resultado final, sem dúvida, compensará”.

A diretora de projetos estratégicos e de cidades inteligentes da Emdec, Mariana Savedra Pfitzner, fez a apresentação do Viva Campos Sales e mostrou uma projeção de como ficará o resultado final. Ela disse que o projeto é tornar a Campos Sales uma ‘rua de estar’, em que as pessoas tenham prazer de andar e circular e tornar a avenida mais amigável para o pedestre.

Projeto de Requalificação – Entre as melhorias estão a ampliação de calçadas em dois metros de cada lado, troca de pavimento, melhoria da acessibilidade e segurança como elevação de cruzamentos. Toda a fiação será subterrânea – uma parceria com a CPFL. Também serão refeitas as redes de água e esgoto e a avenida ganhará paisagismo, novos pontos de iluminação, mobiliário urbano e até árvores artificiais, que são estruturas para geração de energia solar. Serão duas faixas para carros e uma faixa exclusiva para ônibus. A via também ganhará vagas rápidas e os carros circularão na velocidade de 40 km/h reduzindo a acidentalidade. A Avenida de 920 metros foi escolhida por ser estratégica no centro, liga a av. Francisco Glicério ao pátio ferroviário e possui grande quantidade de empresas e imóveis.


Roncon & Graça Comunicações
Jornalistas: Edécio Roncon / Vera Graça

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.