Beneficiários do Programa Bolsa Família em Nova Odessa devem retirar o Cartão de Monitoramento

Por Diretoria de Comunicação da Prefeitura de Nova Odessa/SP

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social da Prefeitura de Nova Odessa informa que já estão liberados para retirada os Cartões de Monitoramento do Programa Bolsa Família relativos à 2ª Vigência de 2021. Os beneficiários do PBF federal na cidade devem comparecer na Diretoria de Gestão Social e Cidadania para a retirada do cartão até o próximo dia 05 de novembro de 2021.

Esta também é a data limite para os beneficiários realizarem o acompanhamento da saúde das crianças. O monitoramento é realizado em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município, durante o horário normal de atendimento. São 916 famílias beneficiadas a serem monitoradas neste semestre em Nova Odessa.

“Esse cartão tem como objetivo auxiliar no acompanhamento das condições de saúde dos beneficiários. Por meio dele, são verificadas as cadernetas de vacinação, pesagem e a avaliação de saúde das crianças de zero a sete anos e das mulheres entre 14 e 44 anos, as condições de saúde das gestantes e aleitamento materno”, explicou o diretor de Promoção Social da Prefeitura, Wagner Longhi.

A Diretoria lembra ainda que o monitoramento ocorre a cada seis meses, faz parte das chamadas “condicionalidades” do Programa (exigências para continuar no Bolsa Família) e que, caso não seja realizado até a data limite (neste caso, até 05/11/2021), o benefício poderá até ser bloqueado.

“Esclarecemos que o acompanhamento havia sido suspenso por conta da pandemia, porém, foi liberado para a segunda vigência de 2021”, completou Longhi. A Diretoria de Gestão Social e Cidadania está localizada na Rua Anchieta, nº 130, no Centro – próxima ao Cemitério Municipal e ao Colégio Biocêntrico. A retirada do cartão pode ser feita pelos titulares de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h. Mais informações aos inscritos no PBF pelo telefone (19) 3476-1358.

PROGRAMA NOS

Em Nova Odessa, a maior parte das famílias inscritas no Bolsa Família (e também no Programa Cesta Básica Municipal) em janeiro deste ano foram beneficiadas também pelo auxílio emergencial municipal de R$ 600 do Programa NOS (Nova Odessa Solidária), criado pelo prefeito Cláudio José Schooder, o Leitinho, e pago com recursos 100% municipais em três parcelas mensais.

Voltado principalmente às mulheres arrimo de família que sofrem com a queda na renda familiar neste segundo (e mais grave) ano da pandemia de Covid-19, o Programa NOS foi pioneiro na região e no Estado, tendo sido anunciado pelo prefeito e seu vice, Alessandro Miranda, o Mineirinho, em 08 de março –o Dia Internacional das Mulheres. Ao todo, pouco mais de mil famílias confirmaram interesse e receberam o auxílio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.