Investimento em novas marcas e parcerias faz mercado óptico crescer cerca de 10% em 2021

De acordo com a Abióptica, de janeiro a setembro de 2021 o faturamento acumulado do setor foi de R$ 16,14 bilhões. Contratos de licenciamento para ampliar a distribuição de produtos e o lançamento de marcas para atender importantes nichos do mercado contribuíram para esse bom resultado.

O mercado óptico deve fechar 2021 com um crescimento acima de 9,7%, superior ao de 2020, conforme estimativa da Abióptica – Associação Brasileira das Indústrias Ópticas – com base na consistência dos números dos três trimestres deste ano. Entre os meses de janeiro e setembro de 2021, o faturamento acumulado somou R$ 16,14 bilhões (base PDV – Sistema Frente de Caixa), aproximadamente 17% maior que o acumulado no mesmo período de 2020. Durante o ano, a curva se mostrou consistente durante todo o ano de 2021, com queda apenas em março, quando ocorreu o fechamento do varejo, devido à segunda onda do covid-19.

Uma das empresas que têm investido em novas parcerias, tanto no Brasil quanto no exterior, inclusive criando marcas para incrementar ainda mais o mercado óptico, é a De Rigo, líder mundial em design, produção e distribuição de armações e de óculos de sol de qualidade premium. O grupo atende todos os mercados mais importantes do mundo com suas marcas Lozza, Police, Sting e Yalea, e com as licenças dos selos Aramis, Blumarine, Carolina Herrera, Chopard, Diff Eyewear, Escada, Fila, Furla, Gap, John Varvatos, Jones New York, Lucky Brand, Mulberry, Nina Ricci, Philipp Plein, Tous, Trussardi, TUMI, Victor Hugo, Zadig & Voltaire.

Essa extensa rede de atacado, administrada pela De Rigo Vision S.p.A., permite a distribuição dos produtos em aproximadamente 80 países, principalmente na Europa, na Ásia e nas Américas. No Brasil, a sua rede de distribuição conta com mais de 6 mil pontos de vendas. O grupo é um dos líderes na indústria de óculos graças à rede formada por 17 empresas, entre elas a General Óptica (Espanha), a Mais Óptica (Portugal), a Opmar Optik (Turquia) e a afiliada Boots Opticians (Reino Unido), e aos mais de 100 distribuidores independentes de varejo.

Novos negócios em 2021

Somente em 2021 a De Rigo firmou contrato de licenciamento com as renomadas marcas Aramis e Gap e criou a Yalea, a quarta marca própria da empresa. A Yalea, lançada em outubro, é uma grife 100% feminina, pensada e produzida para as mulheres. Ela foi concebida para contribuir para a comunicação de uma nova visão de liberdade de expressão e independência da moda.

“Considerando que os últimos períodos foram particularmente intensos globalmente, a De Rigo se dedicou a inovar o modelo de negócios e a repensar sua organização, a fim de enfrentar de forma inteligente os desafios colocados pelos mercados contemporâneos. Com a Yalea, a empresa quis investir na criação de valor a partir dos seus pontos fortes. Não apenas competências, mas também inspiração, recursos e um conhecimento profundo e sempre atualizado do mercado e das tendências”, explica Bárbara De Rigo, diretora de Marketing da empresa.

Com o lançamento de Yalea, a De Rigo enriqueceu o seu portfólio de marcas próprias, junto com Police, Sting e Lozza, além das várias linhas licenciadas com casas de moda de prestígio, que garantiram todo o know-how para a empresa em seus 40 anos de atuação no mercado óptico e de acessórios de moda. A marca Police, que é própria da De Rigo, conta também com uma linha exclusiva de relógios, bolsas e acessórios em couro.

Já os acordos de licenciamento com a Aramis e com a GAP representam um grande passo para os projetos de crescimento e desenvolvimento da empresa na América do Sul. “A parceria com a Aramis reflete o nosso modelo de negócios, que combina a presença em mercados globais com uma visão mais local. Com a Gap, a parceria representa um passo significativo na evolução do conceito de lifestyle por meio das coleções de óculos para homens, mulheres e crianças, com um produto em voga e a um preço acessível e que atrai consumidores de diferentes idades”, informa Michele Aracri, diretor-superintendente da De Rigo Vision.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.